Um dia qualquer? De jeito nenhum!

July 30, 2018

 

 

 O esporte é capaz de proporcionar momentos incríveis nas nossas vidas. Esse final de semana vivi alguns desses momentos, não por algum feito meu mas por situações únicas que só a corrida e a amizade podem oferecer. No domingo 29 de Julho, corri a SP Run City realizada pela iguana sports, uma prova incrível com uma organização impecável e um cenário de tirar o fôlego.

 

Juntamente com uma cambada de gente doida capaz de acordar as 2 da manhã partimos as 3 de Bragança Paulista rumo capital paulista. Depois de uma parada rápida em um hotel na avenida paulista para encontrar alguns dos amigos corredores e tomar aquele café reanimador fomos em direção ao Pacaembú onde, as 6am, seria a largada dessa prova sensacional.

 

Numa dessas oportunidades únicas tive a honra de correr por 20km ao lado do meu grande amigo, quase irmão, Gebin e colaborar para que o barbudo corredor, ou corredor barbudo, mantivesse o pace, o ritmo e a força mental naquela primeira metade da sua primeira maratona. 

 

Naquela curva no quilômetro 20, próximo ao jockey clube onde se separavam os corredores da prova de 21km dos corredores dos 42km dei um forte aperto de mãos, desejei sucesso e gritei alguns palavras de incentivo pro barbudo que ia seguir em frente por mais 21km enquanto eu fazia a curva para a reta final da minha  vigésima primeira meia maratona.

 

Tive a impressão que aqueles meus 21km foram mais difíceis pra mim do que os 42km seriam pra ele. O cara estava forte e mentalmente fortalecido depois de muita dedicação na preparação para enfrentar aquele momento.

 

Já na reta final, feliz por de alguma maneira ter colaborado com a realização da conquista de um amigo tive a felicidade de encontrar duas corredoras das quais sou fã e admirador: Jô e Elisângela. Duas corredoras sensacionais, de muita experiência e, acima de tudo, exemplos de dedicação e amor por esse esporte. Próximo à linha de chegada às duas se deram as mãos e agarram a minha para então cruzarmos a linha de chegada juntos. Foi um momento único pra mim! Obrigado meninas! Voltei para editar esse post hoje (02/08/2018) e incluir a foto da chegada com a Jô e Elisângela.. detalhe.. olhe a sequência dos números.. que não havia reparado! Que show! Juro que não foi planejado!

 

Depois de cruzar a tal linha de chegada fui dar atenção ao meu joelho que reclamou um pouco do esforço daquele dia. E sentado no chão compartilhei uma bolsa de Gelo com alguns atletas de Londrina. Gente sensacional! A conversa foi muito divertida.

Já na dispersão enviei mensagem para um grande amigo de tempos de faculdades, de república... um irmão que não via a anos, que vive fora do país e estava de férias e, por essas coincidências do destino, estava ali com a esposa para correr a tal meia maratona. Foi uma alegria imensa revê-los, poder conversar e relembrar bons momentos que vivemos juntos. Saudades de vocês! Foi um prazer reve-los! 

 

Depois desse momento memorável agora era hora de ir para linha de chegada esperar pelos amigos corredores que estavam por terminar os 42km. Para aqueles que queiram vivenciar a expressão de alegria misturada com conquista, dor, superação e realização recomendo um dia assistir ao vivo a chegada de uma maratona. Não dos profissionais, mas a chegada de gente comum como a gente. Ali você vai ver homens e mulheres crescidos chorarem, pais e mães carregando seus filhos até a linha de chegada, vai presenciar aquele corredor que não tem pinta de corredor cruzando a linha mais rápido e mais forte do que aquele fortão com pinta de atleta. Vai presenciar avôs e avós com um ritmo impensável.

 

Foi num desses momentos que então vi um rosto amigo em direção a linha final. Um a um, Fio, Mineirinho, Duilio, Issa, Gebin, Marcelo, Fram, Juliana, vinham chegando e cruzando a meta. Com gritos, aplausos todos nós desejávamos parabéns pela conquista. Só a corrida é capaz dessa emoção. Hoje foi um dia assim: Inesquecível pra mim! Não por minhas realizações mas por fazer parte do momento de conquistas de pessoa tão queridas.

 

Obrigado a familia MFT por momentos assim!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Alguns mantras poderosos!

#1 

"What consumes your mind, controls your life"

 

#2
"O ato de correr é mais do que uma sucessão de saltos como está conceituado na literatura. Correr é um ato de coragem, persistência e superação; um metafora da vida na mais pura expressão atlética" - Alan Ricardo Costa

 

#3

"Don't be easy to define, let they wonder about you" @sucess_foundation

#4
Love your fucking life. Take pictures of everything. Tell people you love them. Talk to random strangers. Do things your're are scared to do. Fuck it, because so many of us die and no one remembers a thing we did. Take your life and make it the best history in the world. Don't waste that shit"

Instagram

Please reload

© 2017 por Fábio Pestana

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now