É meia, amor!

November 26, 2017

 

Hoje é um dia muito especial para mim. Comemoro 12 anos de casado com uma mulher incrível. Além da data especial também foi o dia que participei pela primeira vez da Meia Maratona de Santo André - SP. Sim, sim eu sei, foi esse exatamente o ponto dela. “Quer dizer que você vai comemorar nosso aniversário de casamento indo correr uma maratona com seus amigos?”. Minha resposta? “Na verdade é meia maratona amor!”.

E assim numa manhã ainda escura parti, juntamente com outros 3 amigos, para a tal cidade de IDH elevado no conhecido ABC paulista. Depois de muitas risadas à caminho da prova, as 6 da manhã, 1 hora antes da largada, chegamos ao local marcado para então começarmos as nos preparar para o desafio. Pois bem, é nessa hora que aparecem as tão temidas manias de atleta. De repente, do nada, um cara tira uma marmita da sacola, enquanto o outro dizia que não tinha tomado café e o outro em desespero reclamava que tinha esquecido os gels de carboidrato (ou se você preferir géis).

 

Foi nesse momento que, na intenção de ajudar, apareceram alguns itens estranhos. Um ofereceu uma rapadura o outro uma paçoquinha enquanto o outro rolava de rir da situação: como alguém vem pra uma meia maratona sem tomar café e sem Gel? Detalhe: na mochila do cara tinha desde cabo de recarga de celular até capa de chuva mas Gel que é bom o cidadão tinha esquecido. Espera aí! Capa de chuva? Será que o cara planejava correr de capa? Vai saber!

 

 Enquanto fazíamos piada do cara de shortinho justo, daqueles agarrado, surge o cara com shortinho “solto” daqueles da velha guarda, “rasgado” de baixo acima e que em alguns momentos mostra o que não deveria mostrar. O pior aconteceu quando um sacou da cartola a tal vaselina para, segundo ele, evitar assadura e atritos indesejados. No meio das piadas o outro perguntava se deveria usar manguito (aquela proteção par os antebraços) ou não. Nesse momento só faltou alguém aparecer de bigode para completar o bloco...

Armados de paçoca, vaselina e rapadura lá fomos nós para o ponto de largada para encontrar uma estrutura muito bem organizada e menos participantes que eu imaginava. Depois daquele aquecimento básico e visita providencial ao indesejável banheiro químico partimos para a largada. As 7 em ponto largamos para ganhar as ruas da cidade.

Confesso que a prova não foi fácil. Aliás qual meia maratona é? Mas aquele percurso não era nada convidativo à uma corridinha de final de tarde! Um percurso muito técnico, de muitas subidas e descidas, e retas intermináveis. Sem dúvida uma má escolha para um atleta inexperiente na distância.

 

A prova foi espetacular! A organização está de parabéns. Pontos de hidratação muito bem distribuídos com uma única ressalva a falta dos, naquele momento, desejáveis banheiros químicos que, na minha opinião, deveriam ser distribuídos pelo percurso da prova! Vai que....

Falando em hidratação, ouvi dizer que o cara que esqueceu o Gel se lembrou dele no quilômetro 12 para então no desespero comer a tal paçoquinha que só terminou de “descer” com ajuda de um pouco de água quando o cara chegou ao posto de hidratação no quilômetro 15.

Enfim, parabéns a organização e a essa turma de amigos que fazem o possível para alegrar uma manhã de domingo e é claro ajudar um amigo a comemorar em grande estilo seu aniversário de casamento!

 

Especial agradecimento à família MFT e ao grande mestre e professor Marinho! Ah! Obrigado meu amor pela paciência! Te amo, sempre!

 

Um forte abraço a todos e até a próxima!

 

 

 

 

 

 

 

 

 







 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Alguns mantras poderosos!

#1 

"What consumes your mind, controls your life"

 

#2
"O ato de correr é mais do que uma sucessão de saltos como está conceituado na literatura. Correr é um ato de coragem, persistência e superação; um metafora da vida na mais pura expressão atlética" - Alan Ricardo Costa

 

#3

"Don't be easy to define, let they wonder about you" @sucess_foundation

#4
Love your fucking life. Take pictures of everything. Tell people you love them. Talk to random strangers. Do things your're are scared to do. Fuck it, because so many of us die and no one remembers a thing we did. Take your life and make it the best history in the world. Don't waste that shit"

Instagram

Please reload

© 2017 por Fábio Pestana

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now