Adeus meu amigo, é hora de aposentar.

March 23, 2017

 

 

Com um aperto no coração e com um nó na garganta chegou a hora de te dizer adeus, meu amigo! Depois de tantos kilómetros juntos, de tantas provas, treinos chegou a hora de você descansar!

 

Lembro-me do dia que vi uma foto sua naquela revista, me simpatizei de cara por você. Mas você era aquele tipo requintado, que prometia uma técnica de corrida diferente, uma melhor postura no correr. Você andava, ou melhor corria, somente na companhia daqueles atletas famosos, de renome, profissionais que eram seguidos como exemplo por muita gente ao redor do mundo.

 

Sempre quis você como companheiro de treino, quem sabe você me ajudaria a ser um melhor corredor. Por fim nos conhecemos fizemos alguns treinos juntos, até que chegou o grande dia de você me acompanhar na minha primeira maratona, sim, os tão desejados e temidos 42 km, a prova de ouro, o sonho de todos que se aventuram no esporte no qual você é mestre. Foi para aquela prova que te chamei.

 

Felizes e confiantes largamos juntos naquela noite colorosa de Singapura. Nosso primeiro desafio juntos, uma maratona que se iniciaria a meia noite passando pelos principais cartões postais daquele cidade de sonhos.

 

Nossos 20 primeiros kilómetros foram formidáveis. A sua companhia me dava confiança mas no kilómetro 25 você me abandonou, e tudo aquilo que eu confiava em você se foi por água abaixo. Uma dor no pé esquerdo me fez te odiar! Como você poderia te feito aquilo comigo? Logo você em quem tanto confiei!

 

Baixei a cabeça, reduzi o passo. 25 km, somente 17 km adiante e você me deixou na mão? Não tinha outra explicação aquela dor foi você quem causou! Tentei seguir, mas a dor era insuportável e no kilómetro 30 parei! Parei,  cabisbaixo te xinguei enquanto outros corredores me passavam. Aquilo foi um duro golpe!

 

Que dor você me causou, mal conseguia caminhar. Mas não, você não impediria que eu conquistasse me sonho, mesmo caminhando eu iria concluir aquele desafio!!! 

 

Tirei você dos meus pés, te segurei nas mãos e segui em frente. Seguir com dificuldade, a dor era grande. Nas ruas asfaltadas alguns pedriscos dificultavam ainda mais minha caminhada, minha corrida de pés nus. Mas eu insisti, andei, corri. Voltei a andar e voltei a correr e andei de novo. Ah! Eu tinha que terminar aquela prova! 

 

Alguns quilômetros descalços a dor começou aliviar... agora eram só mais 6 kilómetros adiante. E naquele momento entendi que tínhamos que terminar aquilo juntos! Afinal foi você quem me motivou, quem esteve ao meu lado durante todos aqueles treinos, durante toda preparação. Quem, antes do sol nascer, despertava e partia pra estrada comigo. Aquela deveria ser uma vitória nossa!!

 

Te perdoei por um momento, e voltei a te calçar! A dor já tinha ficado no caminho e nada iria nos impedir de passar por aquela linha de chegada! 

 

Foi quando avistamos as luzes, avistamos aquele Portal iluminado por onde tantos sonhos eram realizados! Lá estávamos nós! Então aceleramos, aceleramos como nunca e quando cruzamos aquela marca no asfalto gritamos, gritamos alto. Aquela batalha havia terminado! Com lágrimas nos olhos fizemos as pazes! 

 

Mas nossa amizade ficou abalada. Nas semanas que se seguiram não dei bolas pra vc. Fui a outras provas com outros companheiros. Até que um dia decidi que aquela desconfiança tinha que acabar de uma vez por todas! 

 

E assim seguimos amigos e companheiros de desafios. Fomos juntos a mais um infinidade de provas. Você sempre junto de mim. Você estava lá e me ajudou quando fiz meu melhor tempo nos 10 km. Foi você quem me acompanhou na minha primeira maratona e isso eu nunca vou esquecer! 

 

Você me surpreendeu quando decidiu se aposentar. Mas é claro, não antes de me acompanhar no meu melhor desempenho nos 21km. 

 

Mas antes que você se vá de vez, vou te limpar, te colocar ao sol e então vamos juntos para uma última volta, sem pressa, sem tempo para acabar. Só você e eu, como sempre fizemos! Obrigado meu amigo, descanse em paz! Vou sentir a sua falta!

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Alguns mantras poderosos!

#1 

"What consumes your mind, controls your life"

 

#2
"O ato de correr é mais do que uma sucessão de saltos como está conceituado na literatura. Correr é um ato de coragem, persistência e superação; um metafora da vida na mais pura expressão atlética" - Alan Ricardo Costa

 

#3

"Don't be easy to define, let they wonder about you" @sucess_foundation

#4
Love your fucking life. Take pictures of everything. Tell people you love them. Talk to random strangers. Do things your're are scared to do. Fuck it, because so many of us die and no one remembers a thing we did. Take your life and make it the best history in the world. Don't waste that shit"

Instagram

Please reload

© 2017 por Fábio Pestana

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now